Sexta-feira , 14 de Outubro DE 2011

Zé Póvinho

 Um tema que tem sido alvo de muita discussão é o novo orçamento de estado apresentado ontem pelo sr. Primeiro Ministro, Pedro Passos Coelho.

 A função pública levou um grande rombo, onde os subsídios de Natal e férias são congelados, as reformas, seguem o mesmo caminho entre muitas outras medidas, ao que parece este governo elevou tudo, menos os salários, coisa que já se esperava, mas agora pergunto eu, que raio de medida é aquela da reorganização dos serviços públicos ficar novamente suspensa até ao final do próximo ano, a não ser para reduzir cargos dirigentes e para diminuir a despesa? Então onde eles devem cortar que é no excesso de funcionários públicos incompetentes, eles não mexem, ou seja, ando eu a perder horas em repartições de finanças e em instituições da segurança social, porque aqueles funcionários precisam mais de café e cusquice do que satisfazerem as necessidades das pessoas que estão a faltar ao emprego para ir tratar de uns simples papéis e estes senhores governantes não dão a mínima importância a isto, pois não afecta em nada o nosso país, já a criação de um Museu/Casa do Património do Desporto e a implementação de um Plano Nacional para a Ética são as duas prioridades imediatas para o sector, se isto não é brincar connosco, então não sei o que é. Porque é que estes novos governantes não a andar todos de transportes públicos em vez de se deslocarem em carros de alta cilindrada? Porque é que começam a fazer cortes a quem recebe mais de mil euros? Pensam que mil euros é uma fortuna, mas enganam-se, pois quem paga renda, que a média ronda os € 500, ainda pagam luz, água, gás, comida, medicamentos, e para quem tem filhos, tem que ainda gastar mais uns € 300 em material escolar, € 1000 euros não são fortuna nenhuma pois se fizermos contas verificamos que € 500 de renda mais € 300 de material escolar mais € 150 em comida, mais uns € 100 de gás, luz e água mais em média uns € 50 em medicação, acaba por rondar uns € 1100 mensais, e fora destas contas ficaram passes sociais, combustível, pagamentos de seguros automóveis, e algumas intervenções nos veículos. Quem é que consegue viver com € 1000? Praticamente ninguém, e mesmo assim decidem congelar subsídios de férias e natal? Está na hora de o Zé Póvinho mudar de posição, deixar-se de manifestações em que apenas gritam e agitam bandeiras, o mesmo que fazem nos jogos de futebol mas com muito mais entusiasmo, e realmente querer tirar estes malandros do poleiro.

 Uma última observação, eu escrevo Zé Póvinho porque este povo só quer é futebol e copos e enquanto não proíbirem esses luxos este povo não se revoltará, pois para o futebol e o copo todos têm dinheiro, mas para comer é que já não. Se realmente queremos que isto mude, temos primeiro que nos preocupar com coisas realmente relevantes e só depois disso é que podemos exigir a extradição destes senhores da política portuguesa para bem longe daqui.

Até uma próxima.



publicado por Quiosque Virtual às 21:16
Sexta-feira , 07 de Outubro DE 2011

iMan

 

É com pesar que escrevo este post. Hoje partiu um dos maiores revolucionadores da tecnologia a nível mundial, Steve Jobs. Ele foi sem dúvida alguma o grande Impulsionador da Apple, após ter sido despedido da mesma, retornou para a tirar das ruas da amargura. Ele criou um aparelho chamado Ipod que hoje em dia deve ser dos aparelhos mais utilizados no mundo, Inventou o Iphone, o que trouxe uma verdadeira revolução e lufada de ar fresco aos telemóveis e recentemente o Ipad, que também é uma das Invenções mais fantásticas da Apple, é verdade que as suas Invenções não são para todos os bolsos ou carteiras, mas também não é qualquer um que teve a capacidade e coragem de Inovar como ele. Eu como sou um rapaz novo, posso afirmar que os filmes da PIXAR foram filmes dos quais nunca esquecerei, principalmente o famoso Toy Story, com Buzz, Woddy e restante companhia.

Quero apenas agradecer por proporcionar-me tamanhas recordações e saudades, obrigado iMan.

 

“Ninguém quer morrer. Mesmo as pessoas que querem chegar ao Paraíso não querem morrer para estar lá. Mas, apesar disso, a morte é um destino de todos nós. Ninguém nunca escapou. E deve ser assim, porque a morte é provavelmente a maior invenção da vida. É o agente de transformação da vida. Ela elimina os antigos e abre caminho para os novos” Steve Jobs.

 

 

 


publicado por Quiosque Virtual às 00:01
Domingo , 25 de Setembro DE 2011

Ever

Porque hoje faz um mês.

 

Ever 78-11

 

tags: ,
publicado por Quiosque Virtual às 14:49
Sábado , 24 de Setembro DE 2011

Entretenimento Infantil

 Bom dia caros leitores, hoje venho falar de um assunto que ontem teve um grande impacto na imprensa por todo o mundo, esse acontecimento é o vídeo que circula no youtube de crianças com uma idade aproximada dos 8 anos a lutarem como adultos, e para quem é mais entendido no assunto, julgo que a luta é o género MMA, ou vale-tudo.
 Realmente é chocante ver crianças de tão tenra idade estarem envolvidas em tal desporto em vez de estarem a brincar com os brinquedos adequados para a sua idade ou passear no parque, mas a questão que levanto é onde é que se vê isso no nosso mundo? Porquê tanta polémica à volta deste vídeo?

 Na minha opinião, isto não é assim tão chocante, visto que as crianças cada vez mais são exploradas em tenra idade. Podemos verificar isso maioritariamente em desportos como o futebol, mas também no automobilismo, artes marciais, danças de salão entre muitas outras, mas não só no desporto se verifica esta exploração, também se verifica na televisão, nomeadamente em séries televisivas, telenovelas e programas em caça de talentos, maioritariamente na indústria musical.
 De que se queixam estas pessoas? Da violência existente? Talvez seja mais visível e mais "bruta", mas ninguém fala na violência das horas de gravação de uma telenovela, dos programas de caça de talentos, onde a exposição e tensão vai aumentando à medida que se vão ultrapassando as eliminatórias (estas, também bastante violentas). Ao que parece as pessoas esquecem-se que todos os dias se entretém com estes novos prodígios, tanto no futebol, onde existe maiores probabilidades de uma criança ter lesões físicas, como na televisão, onde a carga psicológica é maior que num combate de crianças.

 Hoje em dia torna-se cada vez mais difícil de afastar as crianças destes "apelos selvagens" visto que a maioria dos videojogos são de guerras, combate, futebol e música. A indústria dos videojogos apela a que as crianças sejam assim, tal como as indústria televisiva, onde cada vez mais existem cenas de pancadaria explicita, mortes, futebol, sexo, drogas, reality-shows, series juvenis onde se canta e dança entre muitos outros, a indústria hoje em dia é que nos educa, é que nos faz suspirar por ser como os da televisão ou dos videojogos. Onde param os desenhos animados da altura dos meus pais? Onde param os jogos educativos?
 Para terminar, só gostaria de dizer que não sou fã de combates, pois acho uma tremenda anormalice, e muito menos com crianças, onde com essa idade devem é divertir-se com coisas para a idade deles, nomeadamente aprender a andar de bicicleta, passear no parque, andar de baloiço e ter um animal de estimação com quem deve brincar. Espero que esta indignação à volta deste vídeo, alastre-se às outras práticas também.
 Deixo-vos aqui o vídeo onde se pode assistir ao combate entre as crianças.

 

Obrigado e até breve.
publicado por Quiosque Virtual às 12:38
Quinta-feira , 22 de Setembro DE 2011

Palestina e as Nações (Des)Unidas

 Hoje venho aqui opinar sobre esta reunião da ONU, onde se reúnem a maioria dos países do globo e um dos temas que tem sido mais discutido é a inclusão da Palestina na ONU.

 Pois bem, eu na minha sincera opinião concordo que a Palestina seja aceite na ONU, pois é um país como outro qualquer e quer também aproveitar essa entrada para tentar resolver a sua situação com Israel. Eu não concordo com o Barack Obama e não é por ser presidente de um país que pratica políticas que muito sinceramente me enjoam, mas sim por uma simples frase que ele diz e passo a citar: " Cabe a israelitas e palestinianos - e não a nós - chegar a um acordo sobre os assuntos que os dividem." Isto realmente era tudo muito bonito e simples se não fosse citado por um presidente de um país que se intromete em todos os assuntos, que normalmente dividem países donos de grandes quantidades de petróleo. Pois é caro Obama, então se não lhe cabe a si ajudar dois países a chegar a um acordo nos assuntos que o dividem porque é que vocês agora se intrometeram nos assuntos da Líbia, e anteriormente nos assuntos do Afeganistão, Iraque, Síria entre muitos outros? E agora vem aquela resposta de que eles (ONU) quando se intrometeram na Líbia e os outros foi sempre para estancar uma guerra num só país, mas talvez se esqueçam que a ONU também se intrometeu na guerra entre Timor-Leste e Indonésia entre muitos outros.

 Isto só faz com que eu acredite cada vez mais que este mundo é um mundo de interesses, onde só se ajudam quando se pode beneficiar dessa ajuda, e como todos nós sabemos, ou muitos de nós sabe, Israel e EUA mantém uma ligação de grande cumplicidade.

 Para terminar, só tenho a dizer que concordo plenamente com Dilma Roussef quando diz que a inclusão da Palestina na ONU fará com que as possibilidades de uma paz duradoura no Médio Oriente aumentem, e digo isto porque isso já ajudou por exemplo os nossos "irmãos" de idioma, Timor-Leste.
 Até ao próximo post.

 

 

 

publicado por Quiosque Virtual às 21:14

Adeus Verão, olá Outono

 E assim se passou mais um Verão, o qual nos abrilhantou com praia, chuva, sol, amigos, família, trabalho e momentos para esquecer. Agora que venha o Outono com a sua mágica da camuflagem e os seus primeiros arrepios de frio.

 

tags: ,
publicado por Quiosque Virtual às 21:06
Sábado , 17 de Setembro DE 2011

Leila Lopes

 Escrevo este post porque acho que é um momento de extrema importância a nível mundial, Leila Lopes, mais conhecida por Miss Universo 2011, demonstra para além de uma infindável beleza, que o mundo está a mudar, isto é, quem é que há uns 10 ou 20 anos atrás diria que o EUA seriam governados por Barack Obama, ou um homem negro, preto, ou black, como mais preferirem. Pois é ninguém diria, mas a verdade é que a população estadudinense, que por sinal é uma das mais xenófobas, elegeu Barack Obama, a Disney criou uma princesa de raça negra e agora passa-se o mesmo com a Miss Universo 2011, um concurso ao qual nada ligo e não vejo grandes benefícios para sua existência, Leila Lopes, é a primeira mulher de raça africana, negra, preta ou black, que venceu esta competição, a quem passaria isto pela cabeça?

 A mim não passava de certeza, a supremacia caucasiana liderava este mundo, e aparece Leila Lopes para uma vez mais mostrar que os preconceitos ainda existem, mas que se estão a dissipar, pois eles, raça negra, são tão bons ou melhores que os caucasianos. Felicito desde já a jovem Leila Lopes e espero que consiga atingir os seus objectivos de vida.

 

publicado por Quiosque Virtual às 16:25
Quinta-feira , 15 de Setembro DE 2011

O Adeus de Mr. Bean

 Venho por este meio comunicar a minha tremenda desilusão por ter descoberto por esta internet infinita que uma das séries que mais marcou a minha juventude terminou. 
 Rowan Atkinson disse à imprensa britânica que está velho para interpretar mais o "Mr. Bean", é óbvio que um dia tinha que terminar, mas custa sempre um pouco ver terminar algo que nos marcou e esta série foi seguida por mim religiosamente, e ria-me sempre em todos os episódios, Rowan Atkinson é um actor esplêndido e o papel de Mr. Bean mostrou-o, é absolutamente impressionante alguém conseguir fazer rir as outras pessoas, sem quase falar. 
 Resta-me apenas desejar boa sorte em projectos futuros de Rowan Atkinson e rever as séries e filmes de Mr. Bean.
 Muito obrigado e até à próxima.

 

 

 Desta vez são férias prolongadas e sem retorno                                                                                                                                                                          

 (Desta vez são férias prolongadas e sem retorno.)

 

 

 

 

 

publicado por Quiosque Virtual às 01:26
Sábado , 10 de Setembro DE 2011

Dia 11 de Setembro

 É uma data que não posso deixar passar ao lado, primeiro, a nível pessoal diz-me muito, de seguida foi uma data que marcou o mundo. No dia 11 de Setembro de 2001 por volta das 15h ou 16h não sei precisar, lembro-me de ir até ao quarto da minha avó para acompanhar uma série que deveria estar a dar e deparo-me com imagens de um arranha-céus totalmente desfeito, imenso fumo, imensas pessoas a chorar e ver imagens repetidas de um avião chocar contra esses edifícios que pareciam super robustos, mas que afinal se desmoronaram como se tratasse de uma pirâmide composta por cartas.

 Lembro-me que na altura não tinha maturidade suficiente para perceber o que se tinha passado, nem sabia quem era Osama Bin Laden, mas pensei logo que ela pertencia ao leque dos "maus" e tentei partilhar a minha dor com as pessoas que choravam, mas não conseguia, pois a mim aquilo não me dizia absolutamente nada, foi realmente algo que me marcou, mas não de forma que alterasse os meus sentimentos. Hoje que já tenho muito mais maturidade comparado à que usufruía na altura, já tenho uma opinião formada e a qual posso partilhar com o mundo, ou pelo menos com quem lê este post, e essa minha opinião é muito divergente da da maioria, ou seja a maioria acha que o Osama Bin Laden era uma besta, e quando souberam da morte dele, fizeram uma festa, o que eu acho deplorável, pois ninguém deve ficar feliz com a morte de alguém, por muito que merecesse não deixa de ser um Homem, como todos nós, mas as pessoas esquecem que antes de o Osama Bin Laden ter cometido a atrocidade que cometeu, sim independentemente de ter todas as razões para o fazer, nunca deveria ter morto centenas ou até mesmo milhares de pessoas, mas continuando, as pessoas esquecem-se ou até muitas nem sabem, que o Osama Bin Laden foi ensinado pelas tropas estadunidenses, foram eles que lhe incutiram este instinto de vingança, de assassino.

 Osama Bin Laden, foi militar das tropas estadunidenses, pois a família de Osama Bin Laden sempre foi muito chegada aos EUA, ainda hoje a Arábia Saudita é um grande apoiante dos EUA, e como tal Osama Bin Laden alistou-se nas tropas estadunidenses e via os EUA como o seu segundo país, até que começou a pensar por si mesmo e deixou de seguir o que a família lhe incutia, tanto a arábica como a estadunidenses, e começou a ver que todas as guerras onde os EUA participavam, não era para ajudar os mais desfavorecidos, mas sim, para ajudar os seus cofres super fortalecidos. Os EUA sempre foram o país mais terrorista do mundo, nunca olham a meios para atingir fins e isso vê-se ainda hoje, atacam todos os países que têm petróleo e não o querem partilhar com os EUA, matam centenas de milhares de inocentes para terem mais uns cobres no bolso, para serem mais respeitados no mundo, para controlarem este monopólio de dólares neste mundo que vai parecendo pequeno para eles, mas com isto tudo quero dizer que Osama Bin Laden foi o herói de muitas pessoas, pois ele atacou os EUA no dia 11-9-2001 em defesa e memória das vitimas da ganância por parte dos EUA, Osama Bin Laden acordou a tempo e resolveu implementar tudo o que aprendeu para atacar o seu mentor, e conseguiu e isso fez os estadunidenses parar para pensarem, afinal eles não são imunes, eles também são atacados, eles também têm pontos fracos e Osama Bin Laden ensinou-lhes isso, pois tenho a certeza que se os EUA nunca tivessem entrado em guerras em busca de cobres nunca se tinha dado o 11-9-2001, mas parece que mesmo assim eles não aprenderam e fizeram uma luta contra o terrorismo islâmico, e disso sucederam várias mortes, nomeadamente a de Osama Bin Laden, Saddam Hussein entre muitos outros, mas estão a esquecer-se que eles é que fomentam o terrorismo no mundo e enquanto o fizerem vão estar sempre em risco de sofrerem retaliações.
 Espero muito sinceramente que esta guerra de cobres termine para que as pessoas possam finalmente desfrutar da vida como merecem e que deixemos de ouvir neste dia, promessas de retaliações e perseguições a determinados grupos e países.
 Agora se me permitem vou festejar este dia de uma maneira especial, pois para muitos é um dia de infelicidade, mas para outros são dias de grande felicidade.
 Muito obrigado e até uma próxima.

 

 

 

publicado por Quiosque Virtual às 10:29
Domingo , 04 de Setembro DE 2011

Desertores e Mercenários

 Nestes últimos dias vieram palavras à tona que não são muito usuais no mundo do futebol e elas são, desertor e mercenário. O defesa central do Real Madrid, Ricardo Carvalho, decidiu abandonar o estágio da selecção porque viu que não ia ser titular, o que levou o seleccionador nacional, Paulo Bento, a dizer que com ele no comando da selecção o Ricardo Carvalho nunca mais voltará a jogar e aproveitou também para apelidar o defesa de desertor. Isto tem feito correr muita tinta na imprensa, falando-se até que Ricardo Carvalho poderá arriscar um a três meses de suspensão do futebol, pois o regulamento da Uefa diz que se um jogador abandonar a selecção, ou desertar a federação dessa selecção pode pedir a exclusão das provas organizadas pela Uefa, mas Paulo Bento já veio dizer que não pedirá essa suspensão.

 Após terminar este relato resumido da situação, atrevo-me a divulgar a minha opinião, e ela não é muito abonatória para Ricardo Carvalho, pois se a situação tivesse ocorrido no Real Madrid ele arriscava-se a ficar de imediato no desemprego, pois as equipas de futebol têm que ser sempre compostas por mais de onze jogadores e nem todos podem jogar de início e se o treinador acha que determinado jogador não é adequado para determinado jogo ele não o convoca, pois não quer também arriscar o seu lugar, acima de tudo, todos têm que ganhar para que os seus lugares e ordenados se mantenham, e no caso dos ordenados também possam sofrer um aumento, como tal são todos mercenários, pois eles para jogarem na selecção também têm os seus prémios, Ricardo Carvalho não é diferente. Eu como adepto de futebol, sou um admirador confesso das qualidades de Ricardo Carvalho, considero-o um dos melhores defesas centrais do Mundo, e ninguém pode dizer o contrário e acho que Paulo Bento está a cometer um erro que lhe valeu muitos dissabores no Sporting CP, que é por os jogadores na lista negra, a meu ver a federação deveria intrometer-se nesta situação e deveria fazer com que jogador e seleccionador conversassem para bem da selecção nacional, esta situação pode ser resolvida, basta querer e não esquecer o assunto, acima de tudo não podem esquecer que a selecção está acima de tudo, e que nós adeptos da selecção merecemos ver a nossa selecção com os nossos melhores jogadores para ganharmos títulos, merecemos que nos dêem essa alegria, pois sempre que podemos apoiamos a selecção e fazemos esforços por ela, e isso foi bastante evidente no Euro 2004 onde praticamente o país todo se disponibilizou a ter uma bandeira na sua janela, em ir para a rua ver e apoiar a nossa selecção e merecemos que nos retribuam isso. Para terminar este longo post, gostaria de anexar uma imagem que não me importava nada que acontecesse neste momento, pois acho que em vez de estes problemas de desertores e mercenários acontecerem na selecção, deveriam acontecer no governo, todos os políticos deveriam desertar pois estamos fartos de mercenários que só pensam no bolso deles e no nosso, mas no nosso só se lembram para tapar os buracos que eles provocam.
Obrigado e até à próxima.

 

 

publicado por Quiosque Virtual às 00:30

mais sobre mim

pesquisar

 

Outubro 2011

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

últ. comentários

mais comentados

arquivos

tags

links

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro