Sexta-feira , 12 de Fevereiro DE 2010

Polvo

Boa tarde caros leitores,

 

Este título já diz tudo, venho hoje opinar sobre este caderno publicado pelo semanário SOL.

Eu confesso que ainda não o li, mas sei que foi o jornal mais vendido de hoje.

Mais uma vez é demonstrado aquilo que digo, de o português ir atrás da onda, o jornal prometeu fazer um caderno polémico, e como somos um povo de fofoquices lá fomos nós comprar o jornaleco que, ao que parece, só ataca o Sr. José Sócrates, é um ataque tão pessoal que o próprio sindicato dos jornalistas vêm dizer que o jornal deveria ter falado com os visados para ser um jornalismo melhorzito, por assim dizer.

Vamos lá fazer o ponto de situação, a maioria do povo queixa-se do estrangulamento da liberdade de expressão pela parte governo, mas ao que parece este jornal tem acesso a todas as escutas e trata de denegrir a imagem do Sr. José Sócrates em praça pública, por isso, o que deduzo, é que não há estrangulamento algum, mas sim abertura a mais. Este jornal comete não respeita nada nem ninguém,  pois vasculha a vida privada das pessoas só para ser o jornal com mais tiragens no país, mas há quem apoie estas iniciativas e aplauda, o que é normalíssimo num país como o nosso, onde o povo vive da cusquice.

Acham que é correcto expor e vasculhar assim a vida privada de alguém? Gostavam que vos fizessem o mesmo?

Eu não digo que o Sr. José Sócrates esteja inocente, mas é de uma imbecilidade enorme expor assim a vida privada de alguém, estas pessoas gostam de conflitos, gostam de andar nas bocas do mundo, e por vezes são intituladas como sendo a voz do povo, mas esquecem-se que pela boca morre o peixe.

Este tipo de jornalismo é vergonhoso, isto nem se chama de jornalismo, isto é o puro "corte e costura".

Eu só gostaria de pedir aos meus leitores e conhecidos que não sejam arrastados por ondas, que ajam por vós mesmos.

Não vão atrás dos sensacionalistas, vão atrás do que acreditam, se acreditam no Sr. Sócrates digam que acreditam sem vergonhas, mas não ataquem quem não acredita, pois eles também têm o direito de não acreditar, se acreditam na imprensa digam que acreditam nela, mas mais uma vez não ataquem, quem não acredita, se não acreditam em ninguém, que é o meu caso, digam-no e mostrem-no e lutem, mas mais uma vez sem denegrir ninguém.

" A minha liberdade acaba onde começa a tua", é uma frase que não é respeitada por quase ninguém.

Façam-na voltar a ter valor.

 

Mais uma vez obrigado a todos os leitores que me acompanham.

Até breve :)

sinto-me: Envergonhado
publicado por Quiosque Virtual às 13:41

Portumanif

Boa tarde caros leitores,

 

Este título é um pouco esquisito, mas julgo que pode vir a ser o novo nome do nosso país, pois Portugal é o país das manifestações sem lógica.

Agora faz-se manifestações por tudo e por nada, qualquer dia estamos a manifestar-nos porque a Soraia Chaves não se despiu no novo filme que fez (que fique claro, eu acho que a Soraia Chaves é uma boa profissional e que não é só o seu corpo que vende filmes).

Isto é preocupante, pois o país está a dirigir-se a passos largos para a banca rota e nós só nos importamos com fofoquices. Quem diz que o nosso país está em risco de perder o direito à liberdade de expressão, sem querer ofender, é alguém que tem a sua sanidade mental um pouco afectada.

Ora vejamos, primeiro ponto se a liberdade de expressão está em risco, os blogues começam a fechar e só escrevem coisas a favor do governo, coisa que vejo cada vez menos na blogosfera, eu vejo cada vez mais blogues a criticar o governo e a defender os pseudo-jornalistas.

Segundo ponto, se a liberdade de expressão está a escassear, então não havia estas manifestações por tudo e por nada, o que não acontece.

E terceiro ponto, se a extinção da liberdade de expressão estivesse a chegar, então duvido que pudéssemos fazer este alarido que fazemos, em relação a Freeports e Faces Ocultas etc.

Deixemo-nos de fofoquices e passemos a defender realmente o que interessa, a economia e o futuro do país.

Estas fofoquices só servem para esquecermo-nos do que realmente interessa.

Lutemos pela nossa família, pelo nosso país.

 

Mais uma vez agradeço a todos os leitores que me seguem.

Até breve :)

 

 P.S.- criado ontem, mas só me foi possível publicá-lo hoje.

publicado por Quiosque Virtual às 13:34

mais sobre mim

pesquisar

 

Fevereiro 2010

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

posts recentes

últ. comentários

mais comentados

arquivos

tags

links

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro